Saiba como evitar estresse dos fogos de artifício para seu pet

O barulho de fogos de artifício e rojões em dias de festas e jogos de futebol, como o da noite desta quarta-feira (4), pode ser perigoso a cães e gatos, que têm a audição bastante sensível e potencializada em até seis vezes com relação à audição dos humanos.

Para evitar transtornos, a melhor opção, segundo veterinários, é prevenir e propiciar um ambiente tranquilo aos pets.

  • É importante analisar o local em que o animal irá ficar para que ele não se machuque durante a queima dos fogos. Cães e gatos devem permanecer em ambientes livres de grades em que possam se ferir e também sem coleiras para evitar que se enforquem.
  • O ideal é não deixar o animal de estimação sozinho, principalmente se ele já tiver um histórico de medo. Ninguém melhor do que o dono para saber o que causa conforto e o que causa desconforto ao seu pet.
  • Mesmo em casa, uma recomendação importante é tentar abafar a entrada do som. Colocar cobertores nas janelas e nas portas pode ser uma boa opção. Alguns animais ainda mais frágeis do que cães e gatos, como pássaros e animais silvestres, chegam a morrer em razão dos fogos devido a paradas cardiorrespiratórias.